quarta-feira, novembro 04, 2009

Linda demais - diálogo

Sempre fui fascinado por diálogos.
Estefoi escrito há mais ou menos cinco ou seis anos, ainda nos tempos da caneta e do papel, parceria que fazia muito bem.
Estou nostálgico, lembrando de amores de outros tempos.
Isso não é tão ruim como dizem, só consigo lembrar de coisas boas...
Espero que gostem.
Beijos e abraços!
=]


Diálogo das antigas

-Linda, simplesmente linda...
-Como assim? Que queres dizer com isso?

-Não há mais o que dizer, já disse...
-Anda fraco da cabeça ou do coração?

-Acho que meus olhos a procuram ainda...
-Deixe de besteira!... És realmente tão bela assim?

-“Pra ela os cachorros latem em versos...”
-Rá! Entendi! Queres me zoar não é?

-Imagina a noite mais escura da terra...
-Que conversa é essa? Queres confundir-me?

-E lentamente o sol surgindo no céu...
-Então já mudamos de assunto? Foi?

-É isso que ela me causa, essa sensação... a luz, o calor...
-Por essa cara de trouxa não precisa falar mais nada!

-Está decidido! Hei de conquistá-la!
-Mas como? De que estratégia irá usar?

-Irei me aproximar dela, aos poucos...
-Vou logo avisando pra ter especial cuidado!

-Disso já sei. Mas o que quer dizer com especial?
-O sol que buscas pode acabar te queimando...

-É preferível a dor e o calor que o frio atual...
-Tudo bem. Desejo-te sorte em tua...

-Busca? Conquista? Caçada? Em quê?
-Em tua loucura... Necessária loucura...
=]

5 comentários:

Mariana disse...

Rafaa ;
adoro memória seletiva , so lembrar
das coisas boas..

Beijo e abraços , Rafa!

lorena disse...

eu ja tinha lido esse oh. lá atras, qnd começamos a trocar escritos.

é essa loucura q nos mantem vivos, pode ter certeza.

beijos queridão

marinaCavalcante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marinaCavalcante disse...

Adorei!

E quantas bonitas e pertinentes
idéias brotam de um diálogo entre um apaixonado e um bom ouvinte, não é?!

É preferível se entregar ao calor,
queimar - mas pelo menos é de amor - do que ter que aguentar a dor do frio... quase que semelhante a um lugar inóspito.

Um abraço
... e uma saudade!

Rafaela disse...

Parabens.
muito muito bom.