sexta-feira, agosto 28, 2009

Sorria!

Ando em crise.
Antigamente eu brincava dizendo que quando saísse do estágio iria acabar com meus escritos, por conta de ir pensando e reparando nas coisas durante as várias viagens nos coletivos.

E hoje em dia, a poesia, o lirismo, o olhar do cronista, as boas tiradas nos finais dos textos parecem fugir de mim. Eu tenho grande parte da culpa, por conta da preguiça cronica para escrever. Sempre tive, não é de hoje. Mas sempre o fiz, e faço, com grande, enorme, inestimável prazer.

Ando com uma certa dificuldade para escrever, e, vou lutar contra ela. Não é mais uma das milhares promessas que faço. Vejo que estou melhorando, já nem chego mais atrasado nas aulas de italiano, consigo ler uma coisa ou outra, corrigi a monografia... Aos poucos vou melhorando, tenho certeza!

Vou deixar uns versos, que na verdade era um recado que fui deixar para a Marina (vez por outra a inspiração bate na hora de comentar mesmo e aí peo desculpas pela empolgação nos comentários). E é isso, vou lutar!
Beijos e abraços!
=]

Eu sigo acreditando
que vai dar certo, sempre,
e, se não der, tem problema não,

a vida segue,
a gente se ergue,
a força aparece,
a terra se mexe

a gente vê que a vida é boa
a gente até ri à toa
a gente encara numa boa
e até desvira a canoa

a gente tenta se encontrar
a alegria volta a brotar
a gente se perde de novo
não tem tristeza nem estorvo

a gente vê que tá vivo
que tem sempre amigos
que não tá sozinho
nós construímos caminhos

Viveremos feito loucos
Idéias, crises, ê vitória, ê sufoco
Dormiremos tal qual as crianças
- Acalme-se, sempre há esperança

Basta querer e conseguirá
Olhe bem para onde quer ir
Atitude não pode faltar!

- Sorria, você está sendo imitado

Nós multiplicamos sorrisos

=]

quinta-feira, agosto 13, 2009

Dois anos de viagens!

Dois anos, sim, dois anos... Eu lembro como se fosse ontem fazendo a primeira postagem direto do estágio... Lembro da Julianna Sampaio, a estagiária anterior, dizendo: "Faz um blog porque na maior parte do tempo não tem nada pra fazer aqui". (E era assim mesmo mas depois o negócio

mudou pra bem melhor). Mas ela mal sabia que eu já tinha um blog, ou pelo menos um projeto de blog.

Vou ser chato e fazer um negócio cronológico.

Em dezembro de 2006, apenas um teste, eu ainda não sabia o que ia escrever por aqui, se o faria num estilo diário mesmo. Nesse tempo eu apenas

anotava minhas viagens no caderno ou em um bloquinho de papel.

Quando foi em fevereiro de 2007, eu coloquei um texto da cadeira de Jornalismo de Cidades, corrigido. O blog seria um local para guardar os textos.

Voltei em julho pra saber se o blog ainda estava funcionando e deixei um recado: "Depois de uma pífia tentativa de manter um blog, só fiz dois posts, estou de volta. Se isso é bom ou ruim só o tempo ou um leitor desprevinido poderá dizer ".

E quando foi em agosto mesmo eu comecei a produzir pro blog. Já era no estilo viagensnaveia mesmo, umas coisas loucas que passam por minha cabeça. Mas esse eu considero o primeiro mesmo, mas não sei dizer a razão. Fiz umas pequenas mudanças, mas é esse aí mesmo.


de novo

É hora de tirar a poeira
de onde quer que ela esteja
É hora de sacudir o esqueleto
nem que não seja o seu
É hora de tirar o gelo
do coração e da vida
É hora de uma pausa

Pausa

É hora de voltar
E é hora pra isso
ou para aquilo
mas é hora

de decidir
se fica aqui
se vai embora
mas é hora

de rir de novo
de ficar tonto
de olhar no olho
de dizer tchau
eu vou embora

de dizer
estou de volta
não aguento
tentei
mas você sabe
ora bolas

de enxegar
de perceber
de se tocar
melhor saber
se tem lugar
ou se é hora
de ir embora

de se expressar
de extravasar
de dizer tudo
e mais um pouco
que não é tarde
que sempre há tempo
que sempre é hora

de perceber
a ilusão
pra pior
ou pra melhor

de descobrir
se vale a pena
ou já valeu
de guardar tudo
em algum lugar
ou lugar nenhum
de esquecer
ou relembrar

se quer msm ficar
ou se precisa
ir embora
em boa hora

existem mesmo
uma melhor hora?

=]

E eu ainda tô com vontade de escrever, perdão por ser tão longo. É o seguinte: eu sou muito grato aos amigas e amigas blogueiras que por aqui

sempre passam, entre eles as de mais tempo: Lorena, Carla e Simone.

A Lorena é uma escritora de mão cheia, amiga feita na faculdade, laços estreitados por e-mails. Por vezes eu olhava primeiro o Lugar de Leveza

para depois olhar o meu blog heheheeh. Trocando textos e mais textos, ela foi a primeira a saber do blog. Começamos a trocar textos antes mesmo dos dois blogs existirem de verdade.

Eu sempre espero por um comentário dela, desde o começo até hoje em dia. E se ela não comenta, fico preocupado... Vendo nossos e-mails e

textos, como dissemos antes, vejo o quanto nós crescemos. O primeiro conto, a primeira crônica, os primeiros versos... Os meus e os teus

nascendo juntos! Agradeço demais pela amizade durante esse tempo todo. Obrigado!

A Carla e a Simone são duas ótimas pessoas com quem eu tive a sorte de encontrar na blogosfera. Escrevem super bem demais, cada uma ao seu estilo.

Sempre uma alegria ver os textos delas, assim como os comentários. A cafeteria 24 horas é sempre um lugar bom demais de se visitar, agradeço pelos ótimos cafezinhos. E Simone, brigadão pela dica sobre o visual do blog, ficou super bem melhor agora. Se eu puder ajudar em alguma coisa, só dar um toque!

A Marina CQM, amizade recente e não menos importante, é também uma ótima surpresa, tanto ao vivo quanto no blog. Vou já colocar nossa parceria aqui, certo?

A Airtiane, sumiu por um tempo, mas escreve dum jeito... Não dá pra pensar em chuva e em panela de brigadeiro sem lembrar dela ó... ela gosta demais - assim como eu.

O grande Diego Medeiro, do Devir Arte, sujeito dos bons, dos melhores que conheço. Dono de uma escrita que eu sempre me pergunto se um dia eu conseguiria escrever algo semelhante. Dono de uma criticidade e de uma sensibilidade aguçadas. Espero vê-lo de volta por aqui.

O Yslan, que eu sempre digo ele escrever mais mas ele é teimoso e insiste em não escrever, "devia escrever maxo!".

O Juss, sujeito super gente boa demais, um cara que todo mundo gosta. Escreve super bem e tá entrando na querida Comunicação da UFC agora. Um boa sorte bem grande pra ele. Sei que vai gostar do curso de das diferentes pessoas que há por lá.

Bom, tomara que não tenha esquecido ninguém.
E espero continuar por mais tempo escrevendo aqui e lendo vocês também.
Eu queria escrever um negócio mais bonito, melhor trabalhado, mas ultimamente ando tão sem inspiração que não sei o que é isso... Aí achei

melhor escrever logo alguma coisa do que não escrever nada.
Mas as coisas melhoram, tenho certeza!
Bjoos e abraços!!
=]

terça-feira, agosto 04, 2009

Pra onde foi?

Caminhei por águas tão tranqüilas que até estranhei
Procurei-te por toda parte e não te vi
Por isso, talvez, minha tranqüilidade...

Nadei por céus tão limpos que até estranhei
Tão azul que parecia o mar
E tu, mais uma vez, não estavas...

Decidi voar em terra pra achar não sei o quê
Parecia estar a sonhar acordado
Nada então me despertava...

Então, só havia mais um local a procurar
Hesitante, pelo medo de quem iria encontrar
Seria mesmo preciso tal busca?

Dentro de mim, perdido num universo de memórias
Comecei minha caçada: - Onde estás?
Infatigável serei em minha luta...

Te achei e parecia o início da vida
Te perder seria mais uma morte
Cada momento uma dádiva
Tínhamos junto de nós a sorte

Estrelas, livros, lugares, situações,
Cheiros, sabores, presentes e discussões
Músicas, doenças, chocolates e flores,
Igrejas, camas, capetinhas e pastores...

Arrebatador, de tirar o fôlego
Se tinha dúvidas, não há mais
Agora o coração bate mais forte
Não quer nem saber de paz

Se são dias ou semanas nem importa
O pequeno tempo junto aumenta
Mais do que a duração
O que importa mesmo é a presença

De tempo longo ou contato intenso?
Alegria e raiva em pequenos gestos
Olhares reveladores e silêncios explicativos
A ausência das palavras com a presença gritante do desejo...


Não sei o que escrever aqui, não consigo pensar em nada para dizer.
Deixo os parabéns para a Simone Schuck por conta do um ano do blog, maravilhoso, por sinal. Que venham outros aniversários!
Parabéns e obrigado.

E falando nisso, vou ver o tempo do meu, lembro do Lugar de Leveza da Lorena fazendo aniversário, uma alegria imensa para mim que acompanho desde o começo e para os outros leitores com toda certeza.
Vou indo pra voltar depois.
Bjoos e abraços!
=]