sexta-feira, agosto 28, 2009

Sorria!

Ando em crise.
Antigamente eu brincava dizendo que quando saísse do estágio iria acabar com meus escritos, por conta de ir pensando e reparando nas coisas durante as várias viagens nos coletivos.

E hoje em dia, a poesia, o lirismo, o olhar do cronista, as boas tiradas nos finais dos textos parecem fugir de mim. Eu tenho grande parte da culpa, por conta da preguiça cronica para escrever. Sempre tive, não é de hoje. Mas sempre o fiz, e faço, com grande, enorme, inestimável prazer.

Ando com uma certa dificuldade para escrever, e, vou lutar contra ela. Não é mais uma das milhares promessas que faço. Vejo que estou melhorando, já nem chego mais atrasado nas aulas de italiano, consigo ler uma coisa ou outra, corrigi a monografia... Aos poucos vou melhorando, tenho certeza!

Vou deixar uns versos, que na verdade era um recado que fui deixar para a Marina (vez por outra a inspiração bate na hora de comentar mesmo e aí peo desculpas pela empolgação nos comentários). E é isso, vou lutar!
Beijos e abraços!
=]

Eu sigo acreditando
que vai dar certo, sempre,
e, se não der, tem problema não,

a vida segue,
a gente se ergue,
a força aparece,
a terra se mexe

a gente vê que a vida é boa
a gente até ri à toa
a gente encara numa boa
e até desvira a canoa

a gente tenta se encontrar
a alegria volta a brotar
a gente se perde de novo
não tem tristeza nem estorvo

a gente vê que tá vivo
que tem sempre amigos
que não tá sozinho
nós construímos caminhos

Viveremos feito loucos
Idéias, crises, ê vitória, ê sufoco
Dormiremos tal qual as crianças
- Acalme-se, sempre há esperança

Basta querer e conseguirá
Olhe bem para onde quer ir
Atitude não pode faltar!

- Sorria, você está sendo imitado

Nós multiplicamos sorrisos

=]

3 comentários:

Rafaela disse...

Amigo.
que texto bom de ler.. as rimas são tão suaves ;D

Rafita

marinaCavalcante disse...

Oxente, desculpas?! Nada disso.
Eu fico feliz quando tenho um comentário tão bom assim.

Texto ótimo. Beijo!

Tempo de Brincar disse...

A gente vê o que acontece
Rimas vindo do nada...
Pra comentar num texto assim,
Tão bem quanto essa negada
Que aqui vive sempre
Com ótimos textos pra ler...
Grande abraço, meu caro!
Continue, assim, a escrever!

Juss.
:D