terça-feira, junho 24, 2008

Noite de chuva

Sabe o que é ruim nessa noite chuvosa?
Não poder ver a lua.
Estranho fascínio tenho por ela.
E pela chuva.
E também por ti.
É ruim não escutar um violão agora.
O frio parece maior.
Acho que falta teu corpo aqui.
Junto ao meu.
Pra aquecer...
Satisfazer as almas...
A chuva não é ruim.
Ruim é não ter você aqui.
Tua intensidade.
Misturada com minha leveza.
O teu gosto doce.
Teu olhar inquieto.
Sempre observando.
Buscando o que eu não entendo.
Mas não tem briga.
Sempre há uma solução.
Por enquanto, só há o desejo.
Você aqui.
=]
Segurem a rima

Segurem a rima
Não deixem ela fugir
A danada me deu a maior volta
E com cara de cínica ainda fica a sorrir

Segurem a rima
Façam-na pra casa voltar
Faz tempo que chamo por ela
E ela aí está a se rebelar

Segurem a rima
Quero ela aqui bem perto
Só com ela me sinto mais viva
E sinto que até meus olhos ficam mais despertos

Segurem essa rima
A danada que faz zombaria com meu coração
Sabe que o danado anda vazio
E por isso que faz danação

Rimazinha deixe de ser tola
Há tanto pra você rimar
Tem futebol, sol e livros
E olha que nem falei do mar

Quando resolver voltar pra casa
Estarei te esperando no portão
Cheia de idéias na cabeça
E com a tua companheira cerveja na mão

Lorena da Silva



Segura a rima Lorena

Segura a rima Lorena
Não deixa ela cair
Tão frágil a coitada
Que pode até se dividir

Segura a rima Lorena
Toma conta com carinho
Ela até pode ser danada
Mas é só versar direitinho

Segura a rima Lorena
Nem importa se está boa
Basta ver se do restante
A arteira não destoa

Segura a rima Lorena
Mostre a ela quem é que manda
Ponha ela no lugar
Mostre quem é que é a bamba

Segura a rima Lorena
A danada é ligeira
Basta só se descuidar
E ela se transforma inteira

Segura a rima Lorena
A gaiata quer fugir
Põe firmeza nesses versos
Faça ela desistir

Segura a rima Lorena
Mostra o mundo para ela
Mostre o feio e o belo
As beldades e mazelas

Segura a rima Lorena
Amarra nela os sentimentos
Impregna com saudades
Relembra os bons momentos

Segura a rima Lorena
Deixa falar o coração
Mostra que apesar de simples
Carregada de emoção

Segura a rima Lorena
Mostra o tanto a rimar
Um infinito de coisas
Que nem dá pra falar

Solta a rima Lorena
Mostre ela para todos
Tua é ótima nos versos
Digo isso sem esforço
=]

O que eu faço

Tanta coisa pra fazer
E eu fui ser jogador
Tanta coisa pra tu entender
E eu sem ser grande explicador
O que eu tenho a te oferecer
Nada mais que o puro amor

Eu queria era ser músico
Tocar flauta, gaita, viola
Mas nada disso aprendi
Inventei de ir jogar bola

Eu queria, então, ser poeta
Te dedicar perfeitos versos
Não nego, tentei
Mas pra isso, não presto

Decidi ser artista
Pintando, esculpindo. Criando.
Eu confesso, tentei.
Mas em nada deu, foi engano.

Tentei depois ser ator
Manipular meus sentimentos
Dependendo da situação
Rir, chorar ou sentir dor.

Foi mal, esse projeto não andou.
Isso é coisa que eu rechaço
Fingir ser outro, para outros
Isso é coisa de palhaço!

Mas engraçado, é isso que eu faço
Contar, fingir, versar
Serei eu um palhaço?
Ou só mais um a rimar?

Veja só a complexidade
O poeta não é um fingidor?
Qual será o meu intento
Ao fingir meus sentimentos?

Sou sincero em meus versos
Posso ser outro também
Eu escrevo o que quero
Devo nada a ninguém

Eu só queria dizer que te quero
Sem ser um desastre
E o que eu estou sentindo?
Vontade grande de encontrar-te!
=]

Versos Viagens

No amor
Não sou doutor
Nem sou profeta
Nem tu és princesa
Ou Cinderela

Desculpe, foi engano.
Não doutor, nem profeta
Mas tu és princesa
E a mais bela.

Desculpe os erros
O que eu fiz
Não sou perfeito
Sou aprendiz.

Desejei desde o começo.
A força pra te segurar em meus braços.
Segurar e não prender.
Aconchegar.
Te deixar livre, pra ir e vir.
Não te aprisiono.
Nem te julgo.
Nem em meus braços.
Nem em meus poemas.
Te dou asas, quebro as correntes.
Se vai ficar ou vai partir.
Somente tu vai decidir.
O que eu mais quero
Te ver contente. =]

Na espera

Olha só que loucura
O amor da minha vida
Todo dia
Passa lá na minha rua

Vejam só a tortura
Só conseguir olhar pra ela
Não dizer: eu te quero
Me escuta

Terminei minha procura
Quero beijo, dengo, carinho.
Então me faz um favor
Vê se cruza meu caminho
Só você é a cura.
Pra esse mal de estar sozinho.
=]