domingo, outubro 05, 2008

O Retorno

Bom, depois de mais de um mês, estou de volta. Não era pra ser assim. Eu planejava colocar uma coisa nova desde o dia 1º desse mês. Uma por dia. No dia do meu aniversário, dia 02, eu colocaria alguma coisa melhor trabalhada, mas, enfim, planos são feitos para serem modificados.

Como disse, meu aniversário passou e fico feliz por terem lembrado de mim, família e amigos e até desconhecidos. Foi um dia corrido, mas feliz. Senti falta de algumas pessoas, contudo, isso não foi um problema, fico feliz por existirem.

Sou libriano e não acredito muito nesse negócio de signos, muito embora algumas pessoas digam que eu sou o próprio signo, eu sou a cara dele, com todas as virtudes e defeitos. Nem sei, não parei pra pensar sobre isso ainda. Vou vivendo librianamente então, o que quer que isso queira dizer.

O plano agora é colocar alguma coisa nova todo dia. Um mês sem nada de novo por aqui não quer dizer um mês sem produzir nada. Além do mais, tem umas coisas pra colocar por aqui, tô meio atrasado, a minha vontade é colocar tudo de uma vez. Vai ser uma por dia mesmo, eu acho.

Hoje, vai algo feito no dia 02 mesmo, lá em um dos laboratórios do Cefet enquanto conversava. Falando de amores, passados, presentes, futuros, Saulo falou algo que gostei e comecei a pensar sobre. Aí saiu um negócio até mais ou menos, feito na hora mesmo, como não acontecia há tempos.

Sujeito apaixonado

E o sujeito apaixonado
Fica cego, surdo e louco
Não se poupa, faz de tudo
E ainda acha que fez pouco

Não descansa um segundo
Só pensando na amada
Pode até mudar o mundo
E achar que não fez nada

Quando perto é só graça
De tudo está rindo à toa
Até mesmo da desgraça
Nada então lhe atordoa

Passa o dia inteiro bobo
É amor que não se acaba
Ela chega e pega fogo
Que nenhuma água apaga

E um gostar assim tão forte
Toda mulher há de querer
Ser atingida por tal sorte
E esquecer o que é sofrer
=]

PS1: Eu acho que tenho grande influência dos cordéis quando escrevo. Próximos dias eu coloco uma tentativa de fazer cordel, ficou pelo menos engraçado hehehehe.
PS2: Agradecer aos amigos e futuro amigos que aqui compareceram e deixaram seus comentários, principalmente, e também aos que passam e não deixam nada.
PS2: Espero seguir o plano dessa vez.

Um comentário:

lorena disse...

sujeito apaixonado
é todo abobalhado
não vê mais nada no mundo
se seu amor está ao lado

sujeito apaixonado
ouve sempre o coração
manda as favas a realidade
briga sempre com a dona razão

sujeito apaixonado é leve
leva a vida no sossego
não há mal que tire o sono
ele nunca pede arrego

sujeito apaixonado é uma delícia
o sonho de toda mulher
por mais que digam não querer
é tudo que cada uma quer.


e vc no dia do seu niver, nem pra atender o telefone. sei naum viu rafa.

=]