quinta-feira, novembro 25, 2010

Suave

Engraçado como foi suave. Nos encontramos e nos conhecemos no meio do nada, perdidos estávamos no meio da multidão. E o que era tempo de paz interior e não procurar por ninguém, resultou num inesperado e gostoso encontro. O tempo de solitários indivíduos estava acabando.

Engraçado como foi suave, como as coisas foram se desenrolando. Fomos para a praia, deliramos e enlouquecemos sob os olhos do sol, da lua e das estrelas. E nada de drogas, só amor, o mais puro amor. E o que seria uma noite na praia, acabou virando um final de semana. Uma eternidade de felicidade que algum dia um bom poeta haverá de contar em versos.

Engraçado como foi suave, tudo dando certo. Fomos ao cinema, no início. E quando segurei a tua mão, sendo correspondido por ti, tive a sensação de nada mais querer naquele momento. Esqueci o filme, desculpa, mas ele ali era apenas simples cenário para uma coisa maior no momento.

Engraçado com foi suave o contato aumentando. Conversas pela internet, mensagens, ligações e de repente uma nova vida descortinava-se. Assim como era preciso escovar os dentes e dormir era preciso ter um pouco da outra pessoa. Se num começo apenas conversar bastava, depois de um mês não já conseguia ficar uma semana longe de cheiros, beijos e abraços.

Engraçado como essa freqüência foi diminuindo, como as desculpas e a falta de vontade de um encontro foram aumentando. Como um negócio bom e promissor foi ficando chato, sem graça, quase uma obrigação escolar. Como sorrisos transformaram-se em lágrimas dos dois lados depois de uma besta briga...

Engraçado como foram feitas as pazes e como vai sendo suave e delicioso esse relacionamento tão bom e que só faz bem...
=]

7 comentários:

Jéssica Trabuco disse...

Ain.. vc é muito foufo *_*
E seus textos, mais ainda.
O amor é assim.. suave, brigas, suave... rs
Temos de nos permitir somente!

Inacreditável Mundo de Múltipla Lua disse...

Ai, Ayala,

Vc é um fofo mesmo!!! Adoro ler-te, sempre com algo novo a ensinar-me!!!

"Certas histórias não param de acontecer em nós até o fim da vida..."Talvez com os passar do tempo com um visão diferente e reações contraditórias...Isso é o AMOR!

Beijinhos!!!

Tamyle Ferraz disse...

Suave...
segunda a psicologia tudo que é suave é um sentimento e tudo que é intenso é emoção, sendo esta passageira. Se o que é suave é um sentimento, será ele o amor?

E quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração...

parabéns pelo seu esforço...
seus textos me fazem tão bem...
[cadê a blusa verde?hein?]
=]

garotadefloral disse...

Impossivel não lincar direto a musica dos meus amores lindos do forfun,SUAVE. Fora q tanto vc quanto eles tocaram no mesmo assunto esses dias... definitivamente o universo tem uma ligação abençoada!

Gisa Carvalho disse...

"Engraçado como essa freqüência foi diminuindo, como as desculpas e a falta de vontade de um encontro foram aumentando."

Ai, Rafa, é triste quando isso acontece...

so sad disse...

tão singelo isso...
taõ comum a quem se apaixona!
beijo!

Samia Monteiro disse...

Triste quando nos faz sentir obrigados, como você citou.
Mas isso é o amor, meu caro, um mar com suas calmarias e revoltas.
Vamos nos permitir.