domingo, junho 06, 2010

Promessa

Ei, moça de sorriso bonito, de cabelo mais lindo de todos, de charme sem igual e perfume melhor do mundo (o natural): eu te aviso, melhor, eu tenho um pedido a te fazer. Antes de tu terminar com teu atual flerte, paquera ou seja lá o que ele for, e voltar para o teu ex-eterno-namorado, eu vou te dar um beijo e não vai ser só mais um. Só de pensar eu já estou com água na boca...

Vou te prender de tal jeito que tu não vai querer fugir, não falarás e não pensarás em nada, antes, durante e depois, vai ficar sem ar e sem chão, vai querer mais. Tu vai fechar os olhos e abrir as asas, vai querer voar, vai ficar mais leve que o ar.

Vou te enlaçar como se estivéssemos a dançar de modo suave. Meu braço há de percorrer tua cintura e encontrar o lugar ideal, a forma de o teu corpo colar ao meu. Meus olhos não desgrudarão dos teus, embora eles possam brilhar de forma a quase te cegar. Meu sorriso há de ser o mais largo já visto, o mais bonito por refletir o teu.

Meu outro braço irá subindo até achar o teu pescoço, chegando lá, minha mão fará uma leve pressão, carinhosa. Antes do encontro dos lábios, sussurrarei em teus ouvidos promessas de uma vida cheia de aventuras, de noites quentes em dia frios, de amor intenso e passageiro a cada hora, de ternura e carinho por toda a caminhada até a morte e de que tudo vai dar sempre certo para nós dois.

Diferente de mim, tu é mesmo um anjo, combinando com o nome. Mas nem por eu ser um simples mortal deixará de me conceder um beijo, dádiva suprema. Te beijarei, como se tivesse passado quarenta dias no deserto e tua boca fosse água, como se tivesse jejuado quarenta noites e tua boca fosse meu alimento, como se tivesse pela primeira vez na vida fazendo o que eu realmente queria. Te beijarei como seu fosse meu último beijo em vida, como se todos os outros depois fossem apenas lembranças sem cor. Te beijarei com a alegria de um preso ao encontrar a liberdade. Minha alegria será de um pássaro a voar pela primeira vez, a de um astronauta a pisar na lua e a de um poeta ao finalizar belos versos a te homenagear.

Te beijarei. E seu eu me exaltei assim só de pensar no teu beijo, imagine quando o momento chegar. Desculpa ser tão direto, mas é porque agora eu sou somente desejo.

Te beijarei.

=]

13 comentários:

Géssica Andrade disse...

e eu imaginei toda a historia, toda a cenaa !
Que lindo, ameii.. ^^

Beeijos '

Gisa Carvalho disse...

E eis que meu sentido criativo começa a funcionar, criando toda história, nomeando persagens, enxergando a cena. =)

Promessas ao vento? Feliz daquela a quem se faz esse tipo de promessa, pois ainda que ela não seja cumprida nunca, a alegria da espera, do aguardo, da vontade não a deixam esmorecer jamais.

Beijos aos nomes de anjo.. ;)

Tamyle Dias Ferraz disse...

Acho que todos imaginaram a cena e, sem ao menos saber de quem se trata, já estavam na torcida...


texto envolvente rafa,
parabéns!

Josi Puchalski disse...

Uau que texto...envolvente demais. Não tinha visto vc escrever assim ainda, ficou ótimo.

Beijo

Leni.com disse...

Bela homenagem ao dia d@s namorad@s.

marinaCavalcante disse...

Concordo com Tamyle...
acho que todos que tiveram a
sorte de ler esse texto,
imaginaram tal cena.
Ou 'tentaram' imaginar...
haja vista tamanho entusiasmo.
Hehehehehe!
Sem mais, o texto está lindo;
faz-nos sentir e sentir e sentir.
E, isso é característica dos
bons escritores.
Grande abraço, meu querido Rafa!

Jéssica Trabuco disse...

Meu deeus moço.. vc escreve MTO bem *-*
Não sabe como os meus olhos brilharam lendo esses seus versos.
Muito.. MUITO BOM!
Beijão ;**

camila chaves disse...

rapaz, tu estás todo, todo, heim? ah, se essa menina lê isso saca que é para ela... hahaha.

Rafael disse...

caramba,muito bom,isso me deu uma idéia de conquista...
me lembra William Shakespeare

parabéns

Katherine disse...

Melífluas palavras Rafa. gostei muito.. foi suave, foi real? foi delicado.. foi sensitivo.. gostei de verdade..chega a ser papável... Um abraço

Mariana Amorim disse...

Eeeeee Tilápiaaaa!!!!
Nossa, sem palavras baby!

Ucha... disse...

cara, muito bacana teu texto, viajei legal nele, rsrs. achei teu blog por acaso e gostei. Passa nos meus pra me visitar? http://blogdaucha.blogspot.com/ e http://palavrasdearvoresalheias.blogspot.com/

Rafaela Mendes disse...

Texto muito bom, alias como sempre seus textos são ótimos.
Mas esse texto realmente ficou muito bom, parece ter toda uma historia, uma verdade.

Beijo Ayala :*