terça-feira, novembro 06, 2007

Meu anjo, meu futuro e meu presente

Quando eu nasci
Um anjo engraçado
Veio dizer para mim
“na vida tenha cuidado,
não seja um doidim”

Depois de grande, crescido
Eu comecei a pensar
Continuava na mesma, perdido
Aonde ele quis chegar?

Desculpa não ser perfeito
Não posso me obcecar
Tampouco esconder os defeitos
Nem quero te enganar.

Nenhum comentário: