sexta-feira, dezembro 07, 2012

O silêncio

Falamos, sim
mas muitas coisas
não são ditas com a boca
Falamos
Com o corpo todo
(e quando há o encontro
do corpo com a boca
ou vice-versa, melhor)
Sorrio
com os olhos
E choro
pesadamente
com o olhar
Inquieto-me
com as pernas
E acalmo
com um toque

Com o sorriso dos olhos
te atraio
E te acalmo
com um toque
Te envolvo
em um abraço
enquanto meu coração
colado ao teu
diz assim:
“Segue batendo,
porque a vida,
tão linda,
ainda não acabou”

Então, quando
olhar para o céu
procurando as estrelas
E encontrar meus olhos
Sorrindo
Há de fechar os teus
querendo-os
tão somente
de encontro aos meus
E a boca
sempre tão falante
Há de desejar somente
O silêncio...

=]

Um comentário:

Jéssica Trabuco disse...

Doce!
Você consegue usar as palavras de uma forma encantadora.
Dá a qualquer um a vontade infinita de amar!
Parabéns.