sábado, outubro 09, 2010

Ah, morena...

Incrível como a tua cintura veio com o tamanho exato do meu braço, é a conta certa.
E meu desejo não é te prender por toda a vida em meus braços.

Meu desejo é te dar abrigo e proteção enquanto assim desejares, o calor do meu corpo é todo teu.

Eu sei, tu não tem culpa, mas essa tua boca carnuda me desperta pensamentos que eu faço questão de te dizer num sussurro ao pé do ouvido.

Os teus olhos, grandes e amendoados, parecem maiores em contraste com os meus, que de tão pequeninos, parecem querer se esconder do mundo a cada sorriso.
Eu gosto dessa mistura, de desejo e lirismo.

A tua pele morena, fica tão mais bonita quando junto da minha, branquinha.
E sem querer, da nossa parte, a noite foi passando,marcada não por horas e minutos,
mas por afagos, carinhos, sussurros, sorriso, abraços, beijos e leves mordidas na boca, orelha...

Quanto tempo faz desde o último encontro? O que é mesmo o tempo para
nós dois? Nós, que não esperamos a vida toda um pelo outro.

Imaginamos outras pessoas, projetamos na vida sonhos e delírios de encontrar alguém que fizesse bem, que pudesse fazer feliz.

Engraçado, meu corpo não conhecia o teu, mas já não que mais saber de ficar longe,
só quer estar perto, só quer estar junto.

Eu imagino agora qual a medida exata de estar junto de ti. Qual o ponto saudável e necessário? Quem sabe dessas coisas?

Se um dia vai acabar? Uma certeza na vida é que tudo um dia acaba.

Mas por qual razão ficar pensando em um final, se a nossa aventura
está apenas começando?
=]

9 comentários:

Jéssica Trabuco disse...

"Mas por qual razão ficar pensando em um final, se a nossa aventura
está apenas começando?"

Ahh.. muita gente deixa de viver tanta coisa por medo do fim... mas pra quê pensar nisso se ainda mal começou?
LINDO texto moço... LINDO!
Parabéns, mais uma vez, por um belo texto.

Gisa Carvalho disse...

"Incrível como a tua cintura veio com o tamanho exato do meu braço, é a conta certa."

Muito bom quando isso acontece...

Tamyle Dias Ferraz disse...

fazia tempo que eu não lia uma coisa romantica boa assim!



XD

Rafael Ayala disse...

Anônimo diz:
Ah, que inveja dessa morena.

Foi mal, Anônimo, apaguei o comentário sem querer.

=]

Anamélia disse...

e que seja eterno enquanto dure, como já dizia o poeta...

Gisa Carvalho disse...

Se a morena tiver sentido esse abraço, que é dos melhores, que aperta com força na cintura que cabe bem nos braços.. Ah, estou com o anônimo, com inveja dela.. ;)

Josi Puchalski disse...

Gosto. Agora faz favor de escrever algo para as moças loiras.

:-P

Beijo

Anônimo disse...

"Eu imagino agora qual a medida exata de estar junto de ti. Qual o ponto saudável e necessário? Quem sabe dessas coisas?

Se um dia vai acabar? Uma certeza na vida é que tudo um dia acaba."

Amor é proibido acabar!

paula disse...

digo por mim e todas as morenas

muito obrigadaa ...

perfeita
linda
parabens !!