segunda-feira, junho 08, 2009

De volta

Opa!
De volta, rapidamente.
Tempo pouco, tempo louco.
Se te tivesse mais um pouco
Nao viveria nesse sufoco.

Depois eu volto.
Espero que não demore tanto.
Abraços e bjoos
=]

Domingo na TV

De manhã cedinho começa a corrida
Nosso bom corredor Rubinho
Parece ter sido amaldiçoado
A ser sempre o segundinho

E mais cedo ainda tem um programa rural
Fazenda, gado, sítio, plantação
Muito bom pra começar o dia
E esquecer de qualquer complicação

E todo mundo sempre reclama
Mas na TV ninguém quer ver a cultura
E olha ali a Inezita Barrosso
Com amigos, cantando, que formosura!

E tem também o Senhor Brasil
Com o mestre Rolando Boldrim
Ah se outros apresentadores
Aprendessem com ele um “pouquim”

Bom exemplo pras crianças
À tardinha tem o Padre de Melo
E pra fazer o contraste
Tem o Deputado e seu castelo

Na TV todo dia é dia de futebol
E é pior quando tem o mala Bueno
Que de tanto falar besteira
Deixa-nos o ouvido doendo

À tarde tem tanta besteira
Uns programas muito ruins
Se a tv sumisse um pouco
Não seria o nosso fim...

À noite tem um tal fantástico
E em outras um espetacular
Quem dera fosse algo didático
Pra vida de todos melhorar

Tem muita coisa boa na TV
Na fechada ou na aberta
Tem que escolher o que se vê
Achar uma programação que presta

Eu vejo pouca TV e não nego
Com controle remoto na mão
Mas prefiro ir pra janela
Descobrir aonde as nuvens vão...
=]

Lições

Não
Isto não é um
Desabafo

Não
Não há raiva

É apenas uma
Constatação

Sobre perdas e ganhos
Vitórias e derrotas

Se hoje algo me escapa ao alcance
Se hoje não posso ter algo
Se hoje eu perco
Se hoje eu dependo de alguém
Isso não vai me aborrecer completamente
Isso não vai estragar o meu dia

Hoje eu tive uma boa notícia
Tem dias com umas boas
E algumas ruins
Umas mais fortes
Outras mais fracas

E percebi algo sobre
A espera
A ansiedade
Por algo bom

Se durante um tempo eu levei porrada
Eu fiquei triste
Eu sofri por nada poder fazer
Isso só serviu para uma coisa
Me mostrar
Me ensinar a...

Valorizar mais ainda as vitórias

Eu já provei o amargo da derrota
E hoje, como um louco, aproveito o doce sabor da vitória
Ainda que parcial...
=]

7 comentários:

marinaCavalcante disse...

E ainda fizeste uns versinhos lá encima... rs
Legais demais.
Sobre os textos, já sabe... gostei muito. O primeiro mais leve, embora tenham as críticas - muito verdadeiras.
O segundo mais profundo, "lições" mesmo. =] Muito bem escrito.

Abraços e beijinhos... ♪

Que venham, em breve, mais poesias e crônicas!

lorena disse...

adoro esses versos, os teu versos. ah a tv, que que se há fazer? as vezes dá vontade de jogar fora, mandar a danada ir embora, maior ai nem dá, como vamos sem o futebol passar? hehe

noticias boas, vitorias, que seria da vida sem elas, mesmo pequenas ou bobas são elas que dão o tempero e a vontade de seguir cada vez mais e melhor.

vou te mandar um e-mail jah jah.

beijos

=]

*Vanessa disse...

Agora eu voltei, de verdade :D
hahaha

Ah, o "Lições", um primor! Tava sentindo falta de ler coisa boa!
;D

Carla P.S. disse...

E no mesmo clima, cá estou...E ouvindo hip hop, as 5 da manhã. Eu hein!
hehehe beijos, e um café.

Professor Jonathas Carvalho disse...

Grande Rafael. Parabéns pelo Blog. Que você possa continuar desenvolvendo e registrando suas idéias.

Quando puder dá uma passadinha no meu Blog. professorjonathascarvalho.blogspot.com

Grande abraço.

Juss disse...

Divino, como sempre.
=]

LucasMG disse...

graaaaaaaaaande rafa...
abraços