segunda-feira, janeiro 12, 2009

Ah, esses dias...

Antes de mais nada, um desejo de um ótimo ano para todos nós!!
O sumiço foi necessário pra poder organizar algumas coisas, não tudo, senão perderia a graça.
Quase um mês sem aparecer por aqui e tava fazendo uma falta danada...
Vamos ver como vai ser nesse novo ano.
Espero escrever mais, ler mais também.
E continuar com os bons amigos, fazer mais.
E deixar a preguiça de lado na hora de vir aqui.
Bem, vamos ver, vamos ver.

Saudades de vocês, sinceras...

Tenho uns textos aqui na cabeça e falta a coragem pra colocar no papel.
Tenho uns rascunhos aqui de alguns versos, falta a coragem pra acabar.
Tenho tanta coisa pra dizer que agora é melhor calar, se eu contar tudo vai perder a graça heheehhe...

Um aperitivo, que se não fosse agora nem sei quando viria.
Vou ser mais frequente por aqui e por aí, nos preferidos, assim espero.

Tem dias, ah, esses dias
Que dá uma carência na gente
Um jeito manhoso
e ninguém pra fazer manha
uma vontade besta
de querer uma mão entre os cabelos
um cheiro
balançar na rede ouvindo uma canção
olhar pro céu
vendo o rebanho de nuvens passar
ir para um lado
e para o outro
deitar no sofá e ver tv só pela companhia
caminhar sem pressa de chegar
pra melhor conversar
vontade de comer junto
dividir um prato
e a vida
e um sonho
um luar
um café quente
e uma cerveja gelada
uma pizza
quem sabe?
Eu nem sei
Mas com você aqui
Poderia começar a pensar...
Tem dias
Ah, esses dias...
=]

2 comentários:

lorena disse...

saudades suas poeta

e q historia é essa de cerveja gelada, vc não bebe, rsrs

e falta de quem queira acabar com essa carência é q não existe. não, isto não foi uma cantada, apenas um comentário, rsrs

beijocas meu querido

e seja mais constante e menos preguiçoso por aki

=]

Airtiane disse...

É, tem dias que a gente fica assim mesmo, é como se faltasse algo especial, ou nem tão especial assim, mas algo que só a gente sabe o que é, ou nem nós sabemos.

Pode ser algo bem simples, como o deslizar dos dedos entre os cabelos, como o silêncio que fala tudo, como o olhar que revela o desejo, como a água que sacia a sede, como a imagem da face iluminada, o som da voz, o cheiro próprio, o toque, o gosto.

Nesses dias, o que falta é uma boa companhia...

PS:Muito lindo viu, bjão.