sábado, março 15, 2008

Só um banho?

Tem coisa melhor que um banho de chuva?
A água molhando o rosto
Limpando o corpo
Alívio pra alma

-Rapaz, deixa de exagero
Isso é só água
A dos céus é igual
A dos lagos e mares

Isso pra ti
Sem crença, sem fé
Até sem imaginação
Mas ainda tem salvação

-Salvação? faz-me rir
Parece um louco
Parece criança
Basta chover...

Não tenho culpa
Prazer enorme que sinto
Fazer o quê?
Melhor aproveitar

-Até quando vai ser isso?
Precisa crescer
Não pode ser
Pra sempre assim

Não se preocupe
Quando morrer eu paro
E criança eu sou
Por gostar de banho de chuva?

-Parece criança, já te disse
Correndo pra lá e pra cá
Abrindo os braços aos céus
Agradecendo a chuva...

Pois no futuro, aguarde,
Serão várias crianças
Eu e meus filhos, pode ser "nossos",
Curtindo a dádiva dos céus

-Rá! Mas é claro que não.
Nossos filhos? Nada disso,
Não viaja.
Não tem perigo de acontecer

- Quando eu digo nossos,
Quero dizer os meus
Junto dos teus,
Mas se quiser mudar...

-Esqueça isso!
Não mude de assunto.
Te conheço.
Quer me enrolar...

Longe de mim fazer isso,
Melhor parar essa conversa
Parou o assunto chuva, vamos ali,
Conversar outra coisa...
=]

Nenhum comentário: